Relato - Ultimo fim de semana.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Relato - Ultimo fim de semana.

Mensagem por BadMotherfucker em Qua Nov 30, 2016 1:02 am

Fala galera! De volta com força total e melhor do que antes.

Como não podia deixar de ser, venho aqui relatar uma experiência que aconteceu no último fim de semana. Não é uma atuação extraordinária, nem fora do comum, simplesmente um fato engraçado que aconteceu comigo.
Havia brigado com minha namorada, e saí pra beber com uns amigos (Como diria o mestre Charlie Harper, eu não estava procurando motivo pra beber, mas é bom saber que encontrei um hahahaha). Chegando lá, começamos a beber, e algum tempo depois chegou um outro amigo meu com uma possível vítima dele. Esse meu amigo sempre se deu muito bem com a mulherada, mas suas atitudes são totalmente atitudes de PN, não sei mesmo explicar como ele consegue, mas não vem ao caso.
Algum tempo de bebedeira e conversa de mesa de bar depois, apareceu uma amiga nossa, uma t1 que chama atenção por onde passa. Tanto é que nesse momento, os caras que estavam ao redor, pareciam urubus na carniça, querendo pagar bebida, e chamar atenção de alguma forma. Eu cumprimentei ela quando entrou, meu amigo e a vítima dele fizeram o mesmo, e a gente voltou a beber e conversar. Detalhe que esse meu amigo estava na mesma situação que eu, tinha brigado com a namorada, saiu pra beber e se tivesse chance, pegaria alguém naquela noite.

Foi então que me veio na cabeça a velha idéia de chamar todo mundo pra continuar a festa em minha casa, com um pouco de musica, comida e mais bebida. Falei a idéia pro meu amigo e ele, claro, topou na hora.
Eu disse: -Então convence tua vítima aí que eu vou arrastar aquela T1 agora.
O cara começou a falar com a vítima e eu fui pra a caça. Ela estava cercada pelos seus admiradores, todos lambendo o chão onde ela pisava, e eu me aproximei na maior tranquilidade e falei: -Quando essa galera te deixar respirar um pouco, vem aqui que eu quero falar contigo.

Nem precisei me afastar muito que ela chegou atrás de mim chamando meu nome kkkk.
Aí eu falei: -Então, aqui tá muito chato, eu tô pensando em beber lá em casa, pelo menos é mais confortável e vai ser só a gente e os dois ali...
Ela falou: -Deixa eu só avisar ao pessoal que não vou mais sair com eles que a gente vai então.
Aí eu mandei aquele velho "Tá, só não demora muito", e voltei pra onde meu amigo tava.
Assim que ela chegou, a gente saiu de lá, passou em um bar pra comprar mais bebida e viemos pra minha casa. Coloquei o outro colchão no chão, musica pra tocar e a gente continuou a beber.
Essa minha vítima veio o caminho todo falando que só ia pela bebida e pela música, e que eu nem me animasse muito que não ia rolar nada. Eu não falei nada, sabia que cú doce era só uma pedra pequena no caminho.
Em certo momento, meu amigo estava se agarrando com a vítima dele no colchão e eu na cama com a minha. Como eu disse, cú doce não colava comigo, o clima esquentou e de repente eu estava mandando ver com ela.
Mas aí acontece o seguinte, ela pede pra eu parar um pouco e olha pra baixo, onde os dois estavam, começa a rir e diz: -Eu não acredito que vocês ainda estão conversando. Na hora eu comecei a rir também, e ela novamente falou: -Vocês são lentos demais, menina, eu já não tô mais de roupa nenhuma aqui, quando é que vocês começam?. A outra não acreditou até ela jogar a calcinha pra ela ver.

Só depois que ela falou um monte, foi que eles cederam e tiraram tudo. Eu tava quase puxando ela de volta e dizendo que eles não eram problema nosso, quando ela voltou e disse que não ia fazer isso com alguém só olhando. Continuei na minha e voltei a fazer o que estava fazendo. Mas em pouco tempo ela parou de novo, fiquei puto nessa hora, a raiva subiu mesmo.
Ela novamente perguntou porque os dois ainda estavam conversando, e a resposta do meu amigo foi: -Eu tô tentando fazer outra coisa, mas ela não quer. Minha vítima falou: -Ah cara, mas a culpa é sua. Eu também não queria, mas quando o cara se garante, é outra coisa...
Eu dei uma risada pra disfarçar, mas tava mesmo com raiva. Conversa vai, conversa vem, a outra mina bateu o pé e disse que não ia fazer nada, e nisso a que tava comigo voltou com o cú doce também. Eu não sou de ficar insistindo, falei: Ah, de boa então, deixa quieto. Ela achou que por eu ter cedido eu ia fazer o que ela queria, ficar abraçado e ficar de conversinha com ela, mas eu tava cansado, fui dormir e deixei ela falando sozinha kkkkkkk.

No outro dia, quando todo mundo acordou, o cara voltou a beber e a gente ficou conversando. Eu tava sem vontade de beber mais e disse que não queria. Ele quis me rebaixar na frente das duas nessa hora, me chamando de arregão, fraco, que não aguentava bebida, só que antes de eu responder, a "vítima dele" falou: -É, mas pelo menos o cara não ficou no zero ontem!

Não tive como não rir, o "Turn Down For What!!" veio alto e claro nessa hora, e o cara ficou sem ter o que dizer depois dessa. A T1 que tava comigo, ficou me pedindo desculpa e eu comecei a brincar, dizendo que ela não aguentou a pressão e que foi melhor assim pra ela não se apaixonar mais ainda.
No fim de tudo foram embora, e ela veio falar comigo que tinha esquecido o celular aqui, e realmente tinha ficado aqui. Eu disse a ela que viesse buscar, mas me avisasse quando vinha pra eu saber se ia estar em casa, mas sem intenção de investir de novo, depois do ocorrido.

Ontem, meu amigo veio falar comigo e perguntou se o celular dela tava mesmo aqui, e eu disse que sim, e que ela vinha buscar, eu que não ia correr atrás pra devolver a ela. Ele começou a rir e disse o seguinte: -Velho, você não é o único que tá puto por aquela mina não ter me dado ontem. As duas estavam conversando e eu cheguei dando um abraço nelas, e ouvi quando ela comentou que queria muito ter continuado, mas como não deu, ela deixou o celular na tua casa de propósito pra ter que voltar aí, porque ela quer muito te dar de novo...  

No fim das contas não foi de todo ruim, me diverti bastante, e além de poder zuar meu amigo pro resto da vida por ser um panguão, cheguei a pegar uma T1 que, vamos e convenhamos, é gata pra caralho, e com a chance quase certa do repeteco.

Então galera, é isso, esse foi o meu último fim de semana. Futuramente falarei de outras experiências aí, inclusive, quando essa vadia voltar aqui em casa essa semana. Espero que tenha gostado!
avatar
BadMotherfucker

Mensagens : 2
Data de inscrição : 29/11/2016
Idade : 24
Localização : Garanhuns - PE

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relato - Ultimo fim de semana.

Mensagem por MGessinger em Sex Dez 09, 2016 2:40 pm

boa caralho
avatar
MGessinger

Mensagens : 3
Data de inscrição : 28/11/2016
Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum